ACESSOS
141935

 
 
    < Voltar  

14/06/2022 10:41:47


BRIGA DE BOLSONARO COM O SUPREMO CONTINUA

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz.

Foto: divulgação

A birra do presidente do Brasil com o Supremo Federal, por causa do voto eletrônico, já está virando coisa de menino criado na beira do cais.

Eleito pelo mesmo sistema que vem criticando e colocando sobre suspeita de fraude, Bolsonaro nunca apresentou provas de que o sistema é falho e que o voto pode ser manipulado.

O problema do presidente não está no voto eletrônico, mas no desgaste político que ele vem enfrentando desde que assumiu o comando da Nação.

As decisões tomadas pelo seu governo tem deixado espaço para contestações, de autoridades do Judiciário, do Parlamento e até da população em geral como refletem as pesquisas de aprovação do governo Bolsonaro.

O problema da eleição não está na urna ou no voto eletrônico, está na falta de políticas públicas, e o combate firme a marginalidade, está no sucateamento das instituições como o IBAMA, Universidade, Zona Franca de Manaus e etc., que refletem diretamente no dia a dia do povo.

Se não existe a presença do Estado nos pontos mais nevrálgicos, a milícia toma conta e a primeira providência da bandidagem e acabar a liberdade de escolha politica, ou vota em que eles determinam, ou sofrem as consequências.

Vejam por exemplo, o caso de Manaus, onde os candidatos tem que pedir permissão da bandidagem para entrar em determinadas áreas da capital para conversar com os eleitores, isso depois de acerto com os chefes das facções.

Não sou fã e nem admiro o Ministro Gilmar Mendes, mas sou obrigado a concordar com ele quando afirmou na última segunda feira 13, no Rio de Janeiro: “Nosso problema não está no voto eletrônico, podemos ter na liberdade de voto. Se eu tenho uma comunidade que é dominada pela milícia, pelo tráfico, obviamente que a liberdade de voto não existe. Mas isso não é problema da urna eletrônica. O problema político brasileiro nunca foi e não será a urna eletrônica. Estou seguro disso”, disse.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!