ACESSOS
141939

 
 
    < Voltar  

26/05/2022 10:40:22


VEM MAIS COBRANÇA NA TAXA DE ILUMINAÇÃO...

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

Imagem: divulgação

Ontem, quarta-feira, prefeitos e representantes de algumas localidades se encontraram com técnicos da Amazonas Energia, para discutir o aumento e a cobrança da taxa de iluminação pública, que é pega pelo consumidor de energia elétrica.

A Contribuição de Serviço de Iluminação Pública (Cosip). É cobrada pela concessionária que fica com 5% do valor arrecadado referente a taxa administrativa e o consumo da iluminação pública, o restante é repassado às Prefeituras, para realizar manutenções na rede de iluminação pública.

o prefeito de Jutaí, disse que o valor arrecadado com a COSIP é de R$ 60 mil, mas depois que a Amazonas Energia atualizou a cobrança dos postes estão sobrando só R$ 5 mil que não dá para pagar a manutenção e nem comprar as lâmpadas.

Já o Prefeito de Bejamin Constant, diz que está tendo que arrumar recursos extras para fazer manutenção, troca de lâmpada e comprar de materiais.

Radyr Gomes, diretor-técnico da concessionária explicou que muitos Prefeitos estão se baseando nos convênios que têm o mesmo texto desde os anos 80, sem nunca terrem sido atualizados.

Aí os prefeitos limitam os valores da mudança da Cosip para cada classe de consumidor, o residencial, o industrial, o comercial, e eu não vou cobrar, eu só vou cobrar daqueles que a prefeitura disse que eu tenho que cobrar.

Consumidor da zona rural tem que pagar também uma vez que a empresa fornece o mesmo serviço que é oferecido na zona urbana.

“Sobre o assunto o direto diretor-técnico Radyr disse que “tem cliente da área rural que diz que não paga por morar na área rural, mas ele tem o serviço”, explicou.

“Eu já cheguei a cidades completamente às escuras, mas que a prefeitura isenta todo mundo da taxa de iluminação pública e a população não tem o serviço”, disse o diretor-técnico.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!