ACESSOS
101344

 
 
    < Voltar  

25/12/2020 11:06:55


O DECRETO DE WILSON LIMA FOI DIRECIONADO

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

Foto: divulgação

Considerado por alguns seguimentos da imprensa, os independentes de verbas do governo, o decreto nº 43.234, publicado nesta quarta (23), fechando algumas atividades consideradas não essenciais pelo governador Wilson Lima e sua equipe, a partir de amanhã, dia 26 de dezembro de 2020, até dia 10 de janeiro do próximo ano é para favorecer alguns seguimentos, de atividades como academias, cartórios  e oficinas mecânicas, que poderão funcionar livremente, como se fossem atividades essenciais, assim como supermercados e feiras, mas pisou no freio para restaurantes e shoppings.

Essa foi à fórmula mais esdruxula que Wilson Lima e sua equipe encontraram para engessar a economia, provocar pânico na população e uma grande corrida aos supermercados.

A fraca assessoria de Wilson Lima não atentou para o fato de que a parte mais pobre da população, especialmente de Manaus ficaria sem emprego e sem renda.

Fica muito claro que o governador improvisou um decreto sem a devida contrapartida para os trabalhadores, mas acreditando que com uma simples assinatura pode apagar o fato de ser acusado  da compra criminosa dos respiradores superfaturados de uma loja de vinhos  e estar sendo apontado de liderar uma organização criminosa que saqueou a saúde do Estado no memento mais critico da pandemia da Covid-19.

Hoje o meu governador não merece os parabéns.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!