ACESSOS
87986

 
 
    < Voltar  

14/10/2019 10:21:10


SETOR PRIMÁRIO DE NHAMUNDÁ ESTÁ ABANDONADO

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz 

Imagem: divulgação 

 

Mesmo possuindo uma vasta extensão de terras agricultáveis, tanto na área de terra irme como de várzea, o setor primário do Município de Nhamundá não produz 10% dos produtos básicos consumidos pela população.f

Com sua vocação mais direcionada para a criação de bovinos e bubalinos, principalmente na região de Fazenda Grande e o Complexo do Macuricanã, entre outras regiões, os pequenos produtores não contam com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Produção Municipal. 

Seguindo o que nossa equipe apurou durante a visita na semana passada, a Secretaria serve apenas como cabide de emprego para pessoas ligadas a administração ou que tenham algum laço familiar com o prefeito.

Apenas farinha de mandioca e seus derivados, além de  alguns produtos extraídos da floresta que são vendidos na cidade mas não chega a cobrir as despesas de produção dos trabalhadores que teimam em se dedicar ao trabalho.

Falta assistência técnica e projetos elaborados a partir de conversas com os comunitários para que a prefeitura possa buscar meios de implantar aqueles que mais se adequam com as peculiaridades de cada micro zona rural.

Se em alguma comunidade, por exemplo, a pesca é o melhor, a prefeitura deveria direcionar técnico especializado para orientar os pescadores, que mesmo de forma artesanal, acabam prejudicando o meio ambiente e até mesmo depredando espécies em processo de extinção.

Para buscar mais informações, e como não foi possível o contato com a Secretaria de Produção, tentamos contato com o vice Prefeito Cleudo Tavares, que é mais conhecido por Mantegão, através do celular 99358xx08, mas também não conseguimos.

Por outro lado, Israel Paulain, pré-candidato a Prefeito, em contato telefônico, se posicionou sobre a situação expondo seu pensamento que, segundo ele deve ser elaborado um plano de ação discutido com “produtores rurais, agricultores, extrativistas, cooperativas e todos os seguimentos interessados em promover a geração de emprego e renda, em diversos níveis de especialização da atividade econômica”. Israel Paulain disse ainda que “é preciso firmar parceria com o IDAM e criar o programa de melhoramento do rebanho bovino com financiamento através da AFEAM, para compra de matrizes e reprodutores de boa linhagem, além de no Orçamento Programa do Município, destinar verba para aquisição de leite e produtos da agricultura familiar, para a merenda escolar e hospital da cidade”. Concluiu.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!