ACESSOS
82560

 
 
    < Voltar  

09/04/2019 08:39:57


MINISTÉRIO PÚBLICO VAI INVESTIGAR CONTRATO DA SEDUC

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

Imagem: divulgação

A dispensa de licitação para contratar empresa de transporte escolar, feito pela gestão do ex-deputado Luiz Castro, hoje Secretário de Educação do governo Wilson Lima e a Dantas Transportes e Instalações Ltda., no valor de R$ 46 milhões, chamou a atenção do MP, para um possível caso de enriquecimento ilícito. O MP resolveu com base na Lei de Improbidade Administrativa (8.429/1992), que prevê sansões aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito, quando no exercício do mandato ou função na administração pública, fazer uma séria investigação.

Como se sabe a SEDUC está sob o comando do ex-deputado Luiz castro (rede), e é um dos principais aliados do governador Wilson Lima.

Aumento absurdo

Há mais de dois anos a Dantas Transportes estava com os contratos reduzidos na SEDUC. Em 2017, governo de José Melo, o menino pobre da floresta, a Dantas Transportes empenhou com a SEDUC R$ 3,1 milhões; no governo de Amazonino foi para R$ 1,1 milhão; já no governo do Novo, e sob a gerência de Luiz Castro na SEDUC, a partir de fevereiro de 2019, começou a época das “vacas gordas” para a Dantas Transportes, que conseguiu aumentar a sua programação de pagamentos na Secretaria de Educação em nada menos que 1.383,87%, abocanhando uma pequena fatia do bolo de somente R$ 46,6 milhões

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!