ACESSOS
79778

 
 
    < Voltar  

05/12/2018 18:33:28


VEREADORA NEGA ALENCAR É CONTRA MUDANÇAS NA LEI DE TRÂNSITO DE PARINTINS

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

Imagem: divulgação

Sem se importar com a dificuldade financeira que atinge que a população, como a falta de emprego e dinheiro circulante na cidade, os Vereadores, “representantes do povo”, aprovaram na sessão de 4 de dezembro de 2018, mudanças na Lei nº 681/2018, que trata do ordenamento do trânsito na cidade de Parintins

Não é segredo para ninguém que a Empresa Municipal de Trânsito e Transporte (EMTT), na verdade não cumpre cem por cento a finalidade para qual foi criada, mas, pelo menos serve para garantir o emprego para algumas pessoas.

 Com as mudanças aprovadas pelos Vereadores, e somente com o voto contrário da Vereadora Nega Alencar, o Sistema de Transito Municipal de Parintins, vai passar a cobrar taxa de estacionamento dos proprietários de veículos que estacionarem em via pública.

O Inciso XXII da referida Lei atribui a EMTT poderes para “Implantar, manter e operar sistema de estacionamento rotativo pago nas vias”, e esse foi um dos pontos questionados pela Vereadora Nega Alencar, outro ponto que merece ser discutido é o Inciso V da mesma Lei que autoriza a empresa “promover convênios com órgãos públicos dos diversos níveis do governo relativos aos assuntos afetos aos objetivos sociais da empresa” e mais, o inciso XL, libera a EMTT para “contrair empréstimo e contratar financiamento”, mas não determina limites.

Como de todos os atuais vereadores, que deveriam ser os representantes da população, apenas Nega Alencar se manteve fiel aos interesses do povo, os proprietários de veículos automotores devem ir se preparando para arcar com as multas que com certeza virão a partir de agora, pois, o que faltava para a implantação de indústria da multa, agora é lei.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!