ACESSOS
78294

 
 
    < Voltar  

10/09/2018 15:13:28


MILITARES NÃO SÃO CONTRA A SOCIEDADE

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

Foto: divulgação

Existe uma orquestração da grande mídia, para passar a imagem de violência e transgressão do direito do cidadão, por parte das Forças Armadas.

As instituições militares não são atreladas a nenhum partido político e seu integrantes são livres para escolher em quem votar.

Sempre ignorados pela sociedade e à margem das previsões orçamentárias dos Governos, os militares continua sempre prontos a defender a Pátria e cumprir o que estabelece a nossa Lei Magna.

Os militares são mais inofensivos que qualquer jornalista que ande a caça de manchete e não meça esforços para acirrar os ânimos de qualquer comandante militar.

Seja quem for o eleito, os militares terão que cumprir o que preceitua a CONSTITUIÇÃO do Brasil, porém, quando instigado por jornalista caçador de pontos no IBOPE, se as Forças Armadas se manifestariam caso o candidato Fulano ou Beltrano vença a eleição, a atitude desse “profissional” é um atentado à democracia.

Se em 1964 os militares tomaram o Poder, foi atendendo ao clamor da imprensa, Igreja, grande parte da sociedade, que pedia ordem no cotidiano do País.

Na prática a tomada do poder foi uma ação orquestrada por grande grupos empresariais e econômicos e grandes empresas de comunicação como Folha de São Paulo, Jornal do Brasil, e pelo grupo Globo.

Se os militares cometeram desmandos, não devem ser acusados iosoladamente, pois quem feriu de morte a democracia brasileira foram esses grupos que hoje vem a público pedir desculpas, achando que isso resolve tudo, e para não assumir a responsabilidade, continuam forçando os militares a fazer o que eles não querem e não devem, por serem eles, os militares, o braço armado em defesa da Pátria.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!