ACESSOS
76462

 
 
    < Voltar  

05/05/2018 17:03:36


POR QUE VOTAR?

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

POR QUE VOTAR?

Nelson Brelaz

 

Estamos vivendo as movimentações políticas em todo o País, onde os políticos, para a maioria da população traz a marca da corrupção e da roubalheira.

Tudo por conta das nossas Leis que são escritas e aprovadas pelos que mais dela podem se beneficiar, no caso, os políticos. Ademais, ainda temos um Poder Judiciário capenga e inoperante, composto por apadrinhados políticos, que são a garantida de impunidade para quem os indicou.

Acompanhando o discurso de posse do Desembargador João Simões, empossado presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, uma frase me chamou a atenção: “votar é um direito, mas também um dever e não se deve demonizar a classe política, mas sim combater os maus políticos”.

Aplaudo de pé a proposta do nobre Desembargador, mas, me atenho ao último trecho da frase: “...mas sim combater os maus políticos”. 

Parece que a hora de combater os maus políticos já passou, ou está passando. Na eleição suplementar o amazonense, de todos os credos e matizes, mandou um recado aos políticos, quando 40% deixou de votar. Na contramão do pensamento do Desembargador, está na hora de mudar as regras do processo de escolha de políticos para representar o povo, ou gerenciar a coisa pública.

Antes o eleitor que queria enxergar as mazelas e falcatruas dos políticos, hoje ele acordou e simplesmente descobriu que tem a liberdade, inclusive de não votar.  Esse ato, não votar, não significa que o eleitor está demonizando a política, ele (eleitor), não viu razões palpáveis para votar nas mesmas caras, que se apresentam disfarçadas de “bons, menino da floresta, amadurecidos, íntegros e experientes”, mas que não tem nada de confiável.

O recado foi dado. É assim na Democracia. O Brasil precisa mudar. Os candidatos precisam apresentar propostas sérias, mostrar que são íntegros e que não precisam de liminares ou outro benefício da morosa e capenga Justiça.

Eu sou plenamente favorável ao voto facultativo, pois o candidato precisará me convencer a sair da minha zona de conforto para votar. Sem isso, não vejo motivo para votar, é preferível pagar a multa eleitoral, até porque o Título de Eleitor é o único documento que não serve nem para abrir crediário na quitanda da esquina.  

 

 

 

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!