ACESSOS
73811

 
 
    < Voltar  

REIVINDICAÇÃO DOS PROFESSORES SERÁ ATENDIDA SÓ EM 2019.

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Não quero ser pessimista, nem crítico da luta dos trabalhadores em educação, até porque faço parte da classe, pelo menos é o que penso, apesar de a cerca de 2 décadas, nunca ter recebido um convite do SINTEAM, para participar de nada, mas a minha contribuição, esta sim, pago religiosamente.

Vamos ao que interessa. 

A luta é legítima e justa. Os trabalhadores não são contratados do governador ou secretário de educação, essa força de trabalho é contratada pelo Estado. Instituição que tem o dever de zelar pelo bem-estar da população.

Seja quem for o governador, é seu dever pagar o que a Instituição deve a quem trabalha, para manter em funcionamento uma parte importantíssima da máquina administrativa como a educação.

Esticar o “cabo de guerra”, me perdoem, é burrice. Professor com salários aquém da realidade, é decretar a falência das gerações futuras, ou melhor, é criar um “exército de analfabetos funcionais”, aliás, parecem que é isso o que mais interessa ao governo, pautado no coronelismo e na prepotência.

Se o dinheiro do FUNDEB é para ser usado no percentual de 60% para pagamento de salários, e tendo a verba, por que não pagar, e cobrar melhor desempenho dos contratados pelo Estado?

O coronelismo e a prepotência mandam exatamente o contrário, usar todas as artimanhas possíveis para não pagar e usa a verba para outras finalidades.

Aos educadores em luta, justa e legítima, vai um aviso que me chega da parte de pessoas com trânsito na corte do governo: “o homem vai esticar a corda até sexta-feira, às 23:59h, para afirmar que não pode pagar por causa da Lei Eleitoral”, mas que tem boa vontade, e se for reeleito governador em 2019, irá pagar tudo, inclusive os atrasados. 

 

 

 

 

 

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!