ACESSOS
71291

 
 
    < Voltar  

TEM MUITO NA ALEAM E FALTA EM PARINTINS

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

De acordo com a Lei delegada nº 70, de 18 de maio de 2007, o efetivo policial a disposição da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, deveria ser de apenas 32 policiais militares, apenas 32. Porém os conchavos e apadrinhamentos fez esse número passar do que determina a Lei, para 72, mais que dobrou o efetivo.

O vice-governador e Secretário de Segurança, Bosco Saraiva, protocolou no último dia 17 de novembro, oficio na ALE-AM, pedindo a imediata devolução do excedente de militares, ou seja, 40 policiais que irão reforçar o efetivo de rua na capital.

No Oficio Bosco Saraiva ressalta a necessidade de cumprimento da legislação, sob pena de prejuízos para a segurança, mas sobre o aumento de PMs para o interior, Parintins, no caso Saraiva nada divulgou.

Enquanto a população espera mais eficiência na vigilância policial e o Major PM Morrilas se desdobra com o pouco efetivo que dispões, para dar a mais de 120 mil habitantes de Parintins, um pouco de tranquilidade, na Assembleia Legislativa do estado, para vigiar 24 deputados que pouco fazem em favor da população existe três vezes o número de parlamentares.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!