ACESSOS
71291

 
 
    < Voltar  

MARINHA SUSPENDE BUSCAS PELA CRIANÇA DESPARECIDA

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz

O corpo do menino Luís Felipe Costa Marialva de 1 ano e 8 meses que viajava no colo da mãe Stefane Costa da Silva de 19 anos, em uma pequena canoa (bajara), que foi a pique hoje 18 de novembro, por volta de 9:30h, em frente a Cidade Garantido, continua desaparecido.

Em que pese os esforços da equipe da Capitania e do mergulhador Pinheiro, do Corpo de Bombeiros todas as buscas foram infrutíferas. As 17:30h, os trabalhos de busca foram suspensos e serão retomados a partir das 5 da manhã.

Na pequena canoa além da mãe Stefane Costa da Silva, 19, viajavam o pai da criança Felipe Marialva da Silva, 23 e seu irmão Fabio marialva da Silva, 18 anos. 

A pequena embarcação conduzia cerca de 600kg de carga, 30 melancias grandes e médias e pertences da família que vinha do lugar denominado Jacaré, região do Paraná do Limão.

Ao se aproximar da Cidade Garantido, a força da correnteza e as ondas fortes levam a pique a canoa. 

Stefane, não sebe nadar, e vinha com o filho Luís Felipe no colo, e foi socorrida por pessoas que prestaram socorro, algum tempo depois, ao perceber o desespero das pessoas. A criança, no entanto, foi tragada pelas águas e está desaparecida

O Capitão Marcelo Barrios Lúcio tão logo tomou conhecimento do fato, deslocou uma equipe e pessoalmente comandou as buscas no local com o bombeiro mergulhador Pinheiro, fazendo uma varredura no local, mas as buscas foram infrutíferas.

SOAMAR ajuda

Ao ser acionado o presidente da Soamar Parintins, Nelson Brelaz foi para o local e imediatamente providenciou uma rede pesca tipo arrastão para vasculhar o local, mas não tiveram êxito.

Segundo os familiares, já foi feito o registro na delegacia de Polícia, para as providências que o caso requer.

Um dos familiares comunicou ao Capitão Marcelo Barrios que no momento do sinistro uma outra bajara bem maior passava no local, e mesmo tendo ouvido os pedidos de socorro, não parou para ajudar.

Barrios informou que já sabe quem é a pessoa que não prestou socorro e que a mesma deverá ser intimada para prestar esclarecimentos no inquérito que será instaurado, podendo ser penalizada por omissão de socorro.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!