ACESSOS
72001

 
 
    < Voltar  

SÓ SE FOR FICHA LIMPA

 
       Compartilhe esta matéria em sua linha do tempo!

Nelson Brelaz - 14/05/16

Bom dia gente do bem. Que o nosso fim de semana seja harmonioso e salutar para todos. 

Parece pregação de Pastor, daqueles que visa mais o dinheiro que a salvação das almas. 

Não estou querendo discutir religião ou algo nesse sentido. 

Fazendo uma busca no mundo da notícia, uma coisa me chamou a atenção. A eleição de 2016 está se aproximando e muitos pré candidatos hoje, nem serão homologados nas convenções, outros porém que são tidos por seus adversários políticos como inelegíveis, vão sim disputar o pleito.

Para entender não precisa ser doutor, jurista, advogado ou outro especialista operador do direito. O princípio básico é: sem processo tramitado em julgado, ninguém pode ser condenado, salvo em casos especiais.

Em Contas Públicas sempre cabem recursos ao órgão competente e se o denunciado, por exemplo, recorre, muda tudo.

É o que está acontecendo com o Deputado Bi Garcia, dado por seus adversários políticos como inelegível, mas, não foi condenado, multado, glosado e nem teve contas tramitado em julgado, portanto, será candidato a Prefeito, e diga-se de passagem, conta com altíssima aceitação entre os eleitores de Parintins.

Até o próximo dia 18, os vereadores Raimundo Teixeira Cardoso Filho (PMDB), que por sinal é irmão da pré candidata Marcia Baranda, também do PMDB e Everaldo Batista (PROS), presidente afastada da Câmara, também não tem processo tramitado em julgado. Portanto, são apenas acusados e segundo consta ambos estão recorrendo a instâncias superiores da Justiça.

Se tiverem os seus recursos aceitos pela Justiça, apesar de se tratar de crimes não políticos (peculato, falsidade ideológica e estelionato), poderão também concorrer ao pleito de 2016.

Por isso, é preciso saber diferenciar o que é Ficha Limpa, do que são problemas juridicamente sanáveis.

Comaprtilhe esta matéria em sua linha do tempo!
Comentário:
      Comentário:
      E-mail:
      Senha:
                           Cadastrar-se para comentar
  Comentários de usuários cadastrados »

Não há comentários nesta matéria. Seja o primeiro a comentar, cadrastre-se!